Black Friday: tudo o que você precisa saber para suas compras valerem a pena!

Um dos dias mais esperados pelo comércio e consumidores, amado por uns, odiados (ou quase) por outros.

Sim, estou falando da Black Friday!

E tenho certeza que você está aí já fazendo a sua lista de desejos só esperando a próxima sexta-feira!

Mas também sei que você está em dúvida, pensando se vale a pena ou não aproveitar essa data já que no ano passado viu algum memes sobre a black fraude.

E foi pensando nisso que resolvi escrever esse artigo, onde falarei um pouco sobre a Black Friday, como surgiu como funciona, ou pelo menos como deveria funcionar, afinal não ganhou o apelido de Black Fraude à toa não é mesmo?. E principalmente alguns cuidados para quem decidiu ou vai decidir aproveitar essa data para ir às compras.

 

O que é o Black Friday?

 

Black Friday é um termo utilizado inicialmente pelos comerciantes nos Estados unidos para nomear uma ação de vendas anual que ocorre sempre na sexta-feira após o feriado de Ação de Graças.

Apesar de sua origem estadunidense, países como Canadá, Austrália, Reino Unido, Paraguai e o Brasil também passaram a aderir à Black Friday com intuito de fazer uma grande “liquidação” de bens e serviços.

No dia 28/11/2010 tivemos a primeira Black Friday que foi 100% online e em 2013 foi recorde de vendas no mesmo período.

Nesse ano a Black Friday vai acontecer dia 24 de Novembro.

 

A Black FRAUDE!

 

Apesar de ser um evento muito esperado pelos consumidores nos EUA, o mesmo já não se pode mais dizer aqui no Brasil pois nos últimos anos, mais específico em 2013, foi constatado que 21% dos produtos anunciados na Black Friday tiveram um aumento significativo dos valores no período anterior à data e quando chegou o dia da liquidação, mesmo com os “descontos” não compensava a compra, surgindo assim o termo Black Fraude.

No entanto hoje é possível consultar no site Câmara E-net as lojas participantes que não são consideradas fraudulentas e ver quais medidas e regras são adotadas para controle da participação no caso do comércio eletrônico.

 

Como aproveitar melhor a Black Friday?

 

Agora que você já sabe um pouquinho mais sobre a Black Friday e até mesmo onde consultar sobre proteção ao consumidor, pode ser que você queira aproveitar o que essa liquidação tem de melhor, não é mesmo?

Aproveito então para compartilhar algumas dicas para evitar dores de cabeça e para que você não comprometa o seu orçamento familiar:

 

Planejamento é tudo!

 

Gostaria de deixar claro que sempre indico a participação de grandes liquidações para quem precisa realmente adquirir um bem novo e que está com suas contas em dia.

Isso é de extrema importância pois nada adianta obter um bom desconto e gastar um valor que irá fazer falta no futuro.

Gastos não planejados poderão implicar em juros futuros e garanto que não irão compensar o desconto obtido nesse momento.

Se você sente que precisa organizar sua vida financeira mas não sabe como e nem por onde começar, sugiro a leitura desse artigo.

 

Cuidado com as técnicas de persuasão utilizadas pelas empresas!

 

Muitas pessoas acabam ficando “tentadas” a consumir em situações como Black Friday mesmo sem precisar e na maioria das vezes nem percebem como e quando isso ocorre.

O que acontece nesse caso é que existem técnicas de persuasão que foram criadas para fazer com que você decida fazer (ou deixar de fazer) algo, sem perceber.

Um bom exemplo é “Aproveite para renovar seu guarda roupa agora, pois somente na Black Friday, você conseguirá descontos agressivos”.

Será que é somente na Black Friday que se obtém boas oportunidades de desconto? Creio que não!

 

Pesquise sempre!

 

Independentemente de ser Black Friday a melhor coisa a se fazer antes de efetuar uma compra é pesquisar, e pesquisar muito, mas nesse caso creio que valha muito a pena utilizar ferramentas de busca de preço para você acompanhar a evolução dos preços de determinado produto, assim não correrá o risco de comprar algo achando que foi uma pechincha enquanto era apenas “metade do dobro”.

Você pode pesquisar por essas ferramentas de busca como o Zoom, basta dedicar um pouquinho de tempo para fazer essa análise.

Acredite, seu bolso agradece!

 

O que vale a pena comprar?

 

Normalmente essa é uma boa oportunidade para comprar itens necessários para a casa que você vinha postergando por questões financeiras.

Também é válido ficar de olho em passagens aéreas, caso já esteja planejando as próximas férias.

Mas o que adoto para minhas compras e o conselho que dou para as pessoas é o seguinte, o desconto tem que ser agressivo e tem que ser sobre um item que eu realmente preciso ou que precisarei muito em breve, pois do contrário não valerá a pena gastar agora.

E você, pretende fazer compras de back friday, acha que vale a pena? Deixe sua opinião nos comentários!