COMO ECONOMIZAR NAS FÉRIAS ESCOLARES

Férias escolares chegando e com ela a ansiedade das crianças e jovens para aproveitar um dos meses mais esperado por eles!

Porém para muitos pais, férias escolares gera um estresse e ansiedade porque vira sinônimo de despesas extras que, em tempos de crise, podem pesar mais orçamento.

Só que não precisa ser assim!

É possível aproveitar as férias, sem abrir mão da diversão sem comprometer as suas finanças.

Quer saber como?

Continue lendo para ver 10 dicas de como economizar nas férias escolares.
 

DICA #1 ORGANIZAÇÃO



O ideal é planejar as férias com antecedência. Seja sua intenção fazer uma viagem ou se divertir na sua cidade.

Mesmo no momento em que as aulas terminam, ainda dá tempo para planejar algumas atividades.
 

DICA #2 ENTRETENIMENTO GRATUITO



Dependendo do lugar em que você mora, é provável que tenha muitas opções de entretenimento gratuito.

Alguns exemplos: passeios em parques públicos, playground do condomínio, praça de esportes são boas opções.

Vale a pena ainda pesquisar na internet sites oficiais da sua cidade que deve também trazer informações sobre lugares e eventos gratuitos.
 

DICA #3 CINEMA EM CASA



A grana está curta?

Tem medo que uma simples ida no cinema, que fica no shopping, vire contas e mais contas no seu cartão de crédito?

Aposte em fazer sessão do cinema em casa!

Com a tecnologia atual podemos pagar (um valor muito menor que um ingresso) por filmes completos disponíveis pelo Youtube, além do Netflix.

Estoure um balde de pipoca, compre algumas guloseimas no mercado e parta para a diversão!
 

DICA #4 OFICINAS

 
A maioria das cidades possuem sedes do SESI e/ou SESC que promovem oficinais e programação especial para jovens e crianças na época das férias escolares.

Muitas dessas programações são gratuitas e outras, ainda que pagas, costumar ter um valor bem acessível.
 

DICAS #5 CAMPINGS



Para amantes da natureza ou que querem partir para uma programação alternativa, os campings podem ser uma excelente opção de passeio e até mesmo uma mini viagem.

Vale a pena pesquisar opções na internet, inclusive visando os melhores campings para crianças, onde boa parte deles, oferece até atrações específicas para os pequenos.
 

DICAS #6 FESTA DO PIJAMA



Acha que acampar fora é inviável? Que tal acampar em casa?

Faça o convite para alguns amigos de seus filhos e promova uma festa do pijama em casa!

Vale fazer no quintal (caso seja possível para você) ou até mesmo dentro de casa.

Lanches simples, ou até mesmo temáticos (que lembre um acampamento) pode ser uma boa pedida.
 

DICAS #7 JOGOS



Ainda pegando a onda da festa do pijama, vale promover jogos nessa noite – e em outros dias.

Temos desde os antigos jogos de tabuleiro até jogos de vídeo game.

 

DICAS #8 PROGRAMAÇÃO CULTURAL DA SUA CIDADE

 
Ainda que boa parte das férias se deem no mês de julho, dá tempo de aproveitar algumas programações culturais de sua cidade, como festa julina por exemplo.

Uma outra opção também é pesquisar outras programações, como idas a observatórios, exposições, etc.

 

DICA #9 FEIRA DE TROCA DE BRINQUEDOS



Uma boa oportunidade de ensinar de forma divertida, desde cedo valores como desapego e reflexões sobre o consumo, promover ou participar de uma feira de troca de brinquedos é uma boa forma de renovar a diversão para os pequenos de forma consciente.

Esse é um tipo de evento que envolve pais e filhos e pode trazer um resultado surpreendente para toda comunidade participante.

Para saber mais sobre como funciona, vale a pena dar uma olhada no site Feira de Trocas de Brinquedos.

 

DICA #10 OFICINA DE ARTES EM CASA



Uma forma divertida de exercer a criatividade (dos pais e filhos) é montar em casa um cantinho da oficina de artes.

Não precisa investir muito para essa atividade, vale usar de materiais recicláveis, giz de cera, lápis de cor, tintas (não tóxicas).

Depois de tudo pronto é só incentivar a criançada a usar a imaginação!

 

DICA EXTRA: TRABALHO VOLUNTÁIRIO



Você já imaginou separar um dia na sua semana (e do seu filho/a) para fazer uma ação social?
Pois devia!

Essa também é uma excelente oportunidade exercitar a solidariedade, a cidadania, e até mesmo passar a ver a vida por uma outra ótica.

Busque em igrejas, ongs, e também pela internet e conhecidos, como você pode começar a ajudar o próximo.