O PERIGO DAS PROMOÇÕES! NEM SEMPRE VALE A PENA APROVEITÁ-LAS!

Qual mão não coça para gastar ao ver na vitrine “promoção”?

Ou ainda quando você abre aquele e-mail dizendo “60% off”?

Vamos combinar que grandes descontos e queimas de estoques é uma verdadeira tentação!

Mas até que ponto essas supostas pechinchas não se tornam prejuízo?

Veja no post de hoje que é uma reflexão sobre os perigos das promoções.

 

PRÁTICA COMUM

 

Produtos em promoção é uma prática comum no comércio com intuito que aumentar o consumo, utilizando-se de datas especiais (motivo) ou não.

Na prática, estabelecimentos comerciais selecionam alguns – poucos – produtos com valores menores, alguns até “baratos demais” que no final das contas servem como uma isca para atrair o consumidor para sua loja.

O que acaba acontecendo na maioria das vezes é que você acaba comprando mais e esses outros produtos,muitas vezes estão com seus valores normais ou até mesmo mais caro.

O mesmo vale para lojas virtuais!

Muitas vezes você pretende gastar “x” em uma compra, mas acaba gastando mais para “ganhar” o frete grátis.

Temos ainda as promoções “Leve 2 pelo preço de 1” quando na verdade você só precisa de um. Pode parecer besteira, na verdade nem percebemos mas acabando gastando mais aqui também.

Sem contar aquela época do ano em que encontramos tudo pela “metade do dobro”.

 

REAL SIGNIFICADO DE PROMOÇÃO

 

Promoção nada mais é que o ato de promover.

No caso, qualquer atividade como propaganda, divulgação, relações públicas visando tornar mais conhecido um determinado produto, serviço, loja, marca, etc.

Ou seja, esse é o real motivo das promoções que chegam até nós!
 

PROMOÇÃO E A NOSSA MENTE

 

Dependendo da estratégia utilizada nas promoções elas poderão causar diversas emoções em nossa mente. As mais comuns são:

  • Sentimento de escassez : “Só até hoje”, “Promoção por tempo limitado”, etc. Passa a sensação de que se não adquirir agora… nunca mais você terá essa oportunidade!
  • Sensação de pertencimento – “Pessoas inteligentes escolheram X”
  • Aceitação: pessoa famosa usa produto/serviço/marca X.

Em virtude dessas influências somos muitas vezes levados a acreditar que a nossa escolha na compra de algo seja por decisão racional, quando na verdade, não é!

 

E O QUE FAZER?

 

Não há uma regra específica para evitar essas armadilhas, mas vale usar dessas dicas:

  • Reflexão: quando se deparar com uma “vontade incontrolável” em aproveitar uma promoção, questione – quero? Preciso? Posso?
  • Planejar antes de gastar – vai evitar dores de cabeça futuras vindas em forma de dívidas.
  • Consultar histórico de valores do bem/serviço desejo: hoje a internet nos ajuda com isso e você saberá se aquela promoção é realmente vantajosa/verdadeira.
  • Comprar somente o planejado!

 
E você o que acha das “promoções”? Já passou por alguma situação parecida com o relatado aqui? Responda nos comentários e compartilhe esse post para que mais pessoas fujam dos perigos das promoções!